Documentário "Citizen Jones"

Separadores primários

Edição e pós-produção do documentário "Citizen Jones" sobre o actor, realizador e escritor Terry Jones, membro do grupo Monty Python durante a sua estadia em Lisboa em 2007.

Em Dezembro de 2007, Terry Jones, estava em Lisboa, no São Luiz Teatro Municipal a encenar o seu espectáculo “Evil Machines”, com música de Luís Tinoco, direcção musical de Cesário Costa, figurinos Vin Burnham.
Frederico Corado, acompanhou os ensaios com a sua câmara, e durante esse período teve a oportunidade de falar durante algum tempo com Terry Jones, propondo-lhe a possibilidade de fazer um pequeno filme sobre a construção do espectáculo e sobre o próprio Terry Jones.
Gravou-se uma longa entrevista mas o filme nunca foi concluido por falta de financiamento.
Hoje, 10 anos depois, procuramos conseguir terminar o filme que conta na voz da primiera pessoa a história da carreira de Terry Jones.   
Pela conversa passam os Monty Python, os filmes, a universidade, o teatro, as relações familiares, com os amigos, os colegas, a música, Inglaterra, Eric Idle, Graham Chapman, John Cleese, Michael Palin, os surrealistas, os Irmãos Marx, Rupert The Bear, Spike Milligan, Lewis Carroll e tanto tanto mais.

Actualização 05/10/17: Imprensa Time Out e Rede Regional

Actualização 09/10/17: Imprensa CineAddiction e Arte-Factos

Actualização 11/10/17: Imprensa Infocul e Coisas do Mundo

Actualização 20/10/17: Imprensa Jornal de Cá e MaggiezinhaR

Actualização 20/11/17: Imprensa Jornal de Notícias

Sobre o promotor

ÁREA DE SERVIÇO

A Área de Serviço é uma Associação de Criação Artística com sede no Cartaxo, com actuação em diferentes áreas que passam pelo teatro, cinema, vídeo, rádio e imprensa.

Na área do teatro produziu as seguintes peças: "Um Marido Ideal", de Oscar Wilde, "O Crime de Aldeia Velha", de Bernardo Santareno, "As Alegres Comadres de Windsor", de William Shakespeare, "Nápoles Milionária", de Eduardo de Fillipo, "Inspector Geral", de Nikolai Gogol, "8 Mulheres", de Robert Thomas, "A Trisavó de Pistola à Cinta" de Alice Vieira, "O Dinheiro Não é Tudo na Vida", de George S. Kaufman e Moss Hart, "Pouco Barulho!" de Michael Fryan, "Autópsia de Um Crime" de Anthony Shaffer, "A Princesa de Galochas", de Vânia Calado, "Mar”, de Miguel Torga, "A Fuga dos Instrumentos” ou "Bolero”, entre outros.

No cinema e vídeo produziu "O Monologo do Rei Vitorioso", "Esta é a Minha Banda" e “Citizen Jones” documentário em pós-produção. Criou e produz também o "Área de Contenção - Encontros Internacionais de Cinema Fantástico e de Horror do Cartaxo" no Centro Cultural do Cartaxo

FREDERICO CORADO (realizador)

Entre a sua filmografia estão desde 1993 “O Recreio”; “A Estrela”; “Todo o Tempo do Mundo”; “Não Há Nada Como O Realmente”; “Telefona-me!”, cinema (35mm), “SMS” (RTP 1); “Graça Lobo Dois Pontos”; “Os Bastidores de Música no Coração"; “Teatro Moderno de Lisboa – Sociedade de Actores”; “Fernando Filipe, um cenógrafo no Museu”; “Pessoalmente Maria do Céu Guerra”; "A Nossa Marcha É Linda!"; "A Gravação de Round Time - Luis Tinoco"; "Monólogo do Rei Vitorioso"; "Esta é a Minha Banda" e ainda vários videoclips, filmes publicitários e outros.
Autor de videos para os espectáculos “Amália” de Filipe La Féria, “Fauna e Flora” de José Manuel Lourenço, “Esta Vida É Uma Cantiga” de Henrique Feist, “A Rainha do Ferro Velho” de Filipe La Féria, “O Barbeiro de Sevilha”, “De Regresso à Broadway” de João Pereira Bastos, “Marlene”, de Carlos Quintas, “Campo Pequeno de Novo em Grande” de Filipe La Féria, “Conversas de Camarim”, “Gala das 7 Maravilhas”, “Num País Chamado Simone”, “Antigona”, de Maria do Céu Guerra, “Obviamente Demito-o!” de Hélder Costa, , entre outros

Orçamento e prazos

Rodagem: Dezembro 2007

Rodagem Adicional : Janeiro 2018

Edição : Janeiro 2018

Pós-Produção e Sonorização: Fevereiro 2018

Estreia: Março 2018

Todo o dinheiro angariado será para cobrir as despesas de finalização do filme, edição, pós-produção e divulgação.

 

Imagens

Facebook