Projeto Novo Rumo

Separadores primários

O Novo Rumo é um projeto social que tem como principal objetivo diminuir a acumulação de resíduos sólidos urbanos em São Tomé e Príncipe (STP), conferindo-lhes um novo rumo por meio da reutilização.

Os resíduos em STP encontram-se em elevada acumulação nos solos, cursos de água e mar. E muitos são os fatores que contribuem para esta situação, tais como: (1) a estrutura política instável; (2) a estrutura social e cultural descontraída que acaba por influenciar o progresso e desenvolvimento do país; (3) a carência de recursos humanos, devido a formações pouco qualificadas das entidades responsáveis pela gestão dos resíduos; e (4) a existência de hábitos ambientais incorretos por parte da população são-tomense, provocada pela baixa frequência de iniciativas na área da educação ambiental. Assim, não existe investimento na educação da população e, portanto, esta acaba por não possuir conhecimento sobre a temática dos resíduos.

Do mesmo modo, verificámos que existiam dois públicos-alvo que mereciam especial atenção. Por um lado, os reclusos da Prisão Central de STP e, por outro, jovens entre os 15 e os 25 anos, da cidade de Neves, no Distrito de Lembá.
Assim, a
través da elaboração de workshops de reutilização de resíduos plásticos e metálicos junto aos reclusos da Prisão Central de STP, pretendemos capacitá-los para uma melhor reintegração na sociedade e no mercado de trabalho. Além disso, acreditamos que ao capacitar jovens são-tomenses através da criação de projetos inovadores iremos potenciar STP como um país empreendedor e potencializador de jovens.


Um Novo Rumo para os reclusos e para os jovens.

Um Novo Rumo para os reclusos e para os jovens.

O que terão de comum os resíduos, os jovens e os reclusos? Tal como o lixo que é algo desprezado, descartado e acima de tudo desaproveitado, os reclusos e os jovens não vêem as suas competências valorizadas. Por motivos diferentes, ambos são grupos sociais excluídos da sociedade, o que leva a um maior desaproveitamento humano e ao aumento de comportamentos de risco. Assim, nasce o nosso projeto: Novo Rumo. Temos como responsabilidade agarrar nestes diferentes agentes da sociedade e capacitá-los nas atividades do quotidiano, potenciando e incentivando para a elaboração de trabalhos empreendedores.

Porque o Novo Rumo enquadra-se na educação e valorização ambiental, torna-se imperativo promover momentos de formação para estes jovens e reclusos. Numa sociedade desenvolvida tal como conhecemos, quando vimos jovens que não estudam, não trabalham, vimos claramente jovens sem rumo. O que acontece a estes jovens? Quando não possuem oportunidade de continuar a sua formação académica e/ou profissional o que lhes acontece? Como podem impulsionar o seu crescimento pessoal e social? A verdade, é que não existem grandes soluções e isto leva a um enorme desaproveitamento humano. E é assim que o Novo Rumo entra nas suas vidas!

Sobre o promotor

O Novo Rumo é um dos Projetos Spirit’18 referente ao ano 2018.
Os Projetos Spirit são desenvolvidos a partir da formação WACT SPIRIT promovida pela WACT - We Are Changing Together, uma Organização Não Governamental para o Desenvolvimento (ONGD).

O Novo Rumo é um projeto social e empreendedor constituído por 3 “changemakers”:

Carolina Pires de 21 anos, encontra-se neste momento a terminar a sua licenciatura em Gestão e Ordenamento do Território.

Mariana Cunha de 21 anos, encontra-se neste momento no 1ºano de mestrado em Bioengenharia e Nanossistemas.

Susana Nóbrega de 24 anos, encontra-se neste momento a terminar a dissertação de mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde.

Equipa Novo Rumo

Equipa Novo Rumo

A equipa que compõe o projeto revela interesse pela valorização e prevenção ambiental, bem como interesse em proteger a saúde humana. Além disso, tem práticas em matéria de reutilização e reciclagem de resíduos e interesse no processo de tratamento dos mesmos, revelando também capacidades técnicas ligadas às artes plásticas. No que toca às competências e recursos da equipa, importa salientar que os elementos que a constituem são de diferentes áreas de formação, o que pode ser muito útil e interessante para a construção e implementação do projeto.

Orçamento e prazos

De modo a concretizarmos os objetivos estipulados para cada workshop, precisamos do seguinte:

  • Pistolas de cola quente e tubos de cola quente
  • Tesouras, x-atos e pack de lâminas para x-atos
  • Marcadores, caneta, patafix e fita cola
  • Resma de papel, pasta A4 e folha de cenário
  • Agrafador e recargas
  • Cordel, fio de pesca, tintas e pincéis
  • Deslocações entre a cidade de Neves e São Tomé para realização das formações na Prisão Central de STP
  • Identificações para cada formando
  • Impressões de material e certificados

Neste sentido, a vossa ajuda será necessária para tornarmos o nosso projeto possível e sustentável. Para tal, estaremos a angariar fundos até dia 25 de Agosto de 2018!
 

A cada passo construímos um Novo Rumo!

A cada passo construímos um Novo Rumo!

 

 

Galeria de Imagens

Facebook