Bô Caçó

Separadores primários

Bô Caçó - Reabilitação de cães maltratados e abandonados com treino de obediência canina. Formação de pessoas com surdez em treinadores de cães e uma equipa cinotécnica para ações de sensibilização a escolas e terapias alternativas.

Inserido no projeto Spirit’18 – Formação em Empreendedorismo e Intervenção Social, foi criado o projeto “Bô Caçó” (TEU CÃO) que visa reabilitar e inserir cães abandonados através do treino de obediência canina. As pessoas surdas (formandos) tornar-se-ão treinadores de cães através dos binómios formados (surdo/cão). Após a formação destes cães é constituída uma equipa cinotécnica para apoios em ações de sensibilização em escolas e apoio às terapias alternativas.

Desta forma, a nossa motivação será atuar no combate aos maus tratos e abandono dos cães e, ao mesmo tempo, fornecer às pessoas com surdez um meio de promover a sua autoestima e integração social no meio onde se encontram inseridas.

"BÔ CAÇÓ" tem o objetivo de criar bases para a melhoria da saúde pública, para promover cães saudáveis e o respeito pelos direitos dos animais, a formação de colaboradores cinotécnicos vai promover a utilização destes cães em terapias alternativas e, assim alterando a atitude e o comportamento da comunidade relativamente aos cães da rua levando-os a acolher e a cuidar melhor dos animais.

Para este projeto ganhar vida é necessário este apoio financeiro para os encargos inerentes. Em Portugal, movo-me pela paixão à minha profissão e às mudanças que vejo acontecerem pelo meu trabalho e dedicação com os outros. Acredito que em São Tomé também possam existir estas transformações pelas pessoas, com as próprias pessoas e àqueles que são sem dúvida os melhores amigos do Homem: os cães.

 

Sobre o promotor

António Ferreira membro da No Stress Team com a ONG WACT e impulsionador do BÔ CAÇÓ 

Tem vivência pessoal dos efeitos positivos do cão nas terapias e com as pessoas portadoras de deficiência.

Formação em psicologia canina
Participante em ações/curso cinotécnicos
Instrutor em aula particular ou de grupo no âmbito do treino canino
Experiência em sessões de terapia de crianças com necessidades especiais com recurso a cães treinados para o efeito
Organizador e participante em provas de obediência canina.

 

Orçamento e prazos

Os fundos angariados são para:

A elaboração de um livro ilustrativo de obediência canina para pessoas com surdez. - 100€ (Data Limite: 20 de Agosto)

Deslocação do Formador da cidade Neves até à cidade de São Tomé. 185€ (Data Limite: 21 de Agosto)

O transporte destas mesmas pessoas até ao local de treino canino que fica a 20 minutos da cidade de São Tomé. 70€

Nove volumes de alimento para alimentar os cães após a formação. 180€  (Data limite: 15 de Agosto)

Pagamento das taxas e transporte de 15 volumes de alimento para cão de Lisboa até São Tomé em contentor marítimo. 200€ (Data Limite: 27 de Agosto)

Vacinainação obrigatória do Formador para entrada em São Tomé. 300€ (Data Limite: 31 de Julho)

Valor Total:1035€

BÔ CAÇÓ tem início a 22 de Agosto até 29 de Setembro. 

Galeria de Imagens

Facebook