Projeto Vida Macro

Separadores primários

O Vida Macro é um projeto de divulgação de pessoas e práticas que promovem saúde, bem-estar e felicidade. De norte a sul do país, atravessa diversos temas que vão da Alimentação ao Movimento, das Terapias à Educação.

Esta ideia surgiu em 2013 quando estava a atravessar algumas mudanças na minha vida. Uma delas, foi a falta de vontade de comer carne, o que era problemático, na medida em que todas as minhas refeições tinham carne como principal alimento. Assim, comecei a pesquisar alternativas, e o que me chamou mais à atenção, foi um workshop de culinária macrobiótica, em Leiria, da Marta Varatojo. Era também dos poucos que tinha disponíveis em termos de horário, e lá fui eu, não sabendo muito bem o que era a macrobiótica.

Findo o workshop, fiquei apaixonado pela abordagem da macrobiótica, e achei incrível como era algo com pouca divulgação, ou pelo menos com pouco conhecimento das pessoas em geral. Daí veio a vontade de divulgar toda esta abordagem à vida. Falei na altura com a produtora onde trabalhava, a Mixturas, para fazermos um programa piloto para televisão. Após ter a confirmação deles, contactei o Instituto Macrobiótico de Portugal e depois de uma reunião avançámos com o piloto. Falámos com canais e patrocinadores, mas nunca despertou interesse por ser considerado um nicho muito pequeno. Depois de um ano, decidi colocar o piloto no facebook, de forma a perceber de que forma era recebido o formato. Apesar de bom Feedback, não conseguimos obter apoios. Estive durante um ano a ver a página de facebook crescer sozinha, sem publicações nenhumas, e em Fevereiro de 2017 decidi fazer o Vida Macro sozinho, em regime de pro Bono, com o intuito de divulgar tudo aquilo que promove saúde, bem estar e felicidade.

Sobre o promotor

António Barbot, apaixonado por edição de vídeo desde 2003. Formado em Ciências da Comunicação - Ramo Publicidade Relações Públicas, na Universidade da Beira Interior.

Começa a trabalhar na área de audiovisual em 2004, primeiro como Operador de VT, depois faz trabalhos como freelancer em Publicidade. Em 2006 começa a trabalhar a tempo inteiro como editor de vídeo, passando por várias empresas, que permitiram trabalhar em várias linguagens.

Trabalho em audiovisual, maioritariamente em televisão, e gostaria de continuar a fazer este projeto de coração.

António Barbot, a cara por detrás da câmara

António Barbot, a cara por detrás da câmara

Orçamento e prazos

O Orçamento de 10.000€ é para continuar o projeto durante mais 1 ano, colocando 12 videos por mês (3 por semana).

Dá um valor unitário de 70€ por video.

Este valor será para pagar o trabalho de gravação, edição e divulgação nos vários canais Vida Macro (site, youtube, facebook, instagram).

Servirá também para fazer investimentos em plataformas como SoundCloud, de forma a criar Podcasts dos videos.

Prazo de angariação: 6 semanas

Imagens

Facebook