SOMARKMS - 600 kms a pedalar pela IGUALDADE na DIFERENÇA

Separadores primários

3 dias, 600 kms a pedalar... porque acreditamos que SER DIFERENTE NÃO SIGNIFICA SER INCAPAZ! E tu, o que és capaz de fazer?

A Associação de Dança de Leiria (ADDDL), é uma associação sem fins lucrativos que está a desenvolver por meios próprios, há cerca de 2 anos, um projeto pioneiro de dança inclusiva (Projeto Soma), em Leiria.

O Projecto surge da vontade de proporcionar a crianças, jovens e adultos com algum tipo de limitação, seja ela física ou cognitiva, o contacto com a dança, o movimento criativo e a expressão corporal, promovendo a autoconsciencialização das suas capacidades e trabalhando simultaneamente a autoestima, a expressão emocional e a participação ativa na comunidade local.

Em paralelo, é efetuado um trabalho inclusivo através da criação de peças coreografadas, realizado com @s bailarin@s da ADDDL em conjunto com os alunos do projeto SOMA, culminando numa obra em que a cumplicidade e a simbiose entre todos os membros é mais do que evidente. Este trabalho é posteriormente apresentado à comunidade local, num espetáculo único, em que se percebe que a diferença não é sinónimo de incapacidade.

O projeto SOMA tem vindo a ser desenvolvido com alguns apoios, embora insuficientes para custear as despesas. Porque acreditamos no projeto e no valor da DIFERENÇA decidimos aliar o nosso prazer em andar de bicicleta à crença que temos no valor e sucesso do projeto, sensibilizando a comunidade para a necessidade de o apoiar, contribuindo para a sua continuidade.

Como forma de promover o  SOMA, iremos desenvolver a iniciativa "SOMARKMS, 600 km a pedalar pela IGUALDADE na DIFERENÇA", que consiste na realização da   ligação Lisboa - Santiago de Compostela, de bicicleta, em três dias (iniciativa com todas as despesas cobertas por empresas locais).

Porquê Santiago de Compostela e porquê três dias para realizar os cerca de 600 kms?

  • Porque Santiago é um local de FÉ e também NÓS ACREDITAMOS no valor do projeto
  • Porque pretendemos mostrar à comunidade que não é apenas mais um projeto mas O PROJETO no qual vale a pena investir e queremos que o sacrificio por nós realizado transmita a todos o valor do trabalho que está a ser desenvolvido.

TODOS JUNTOS PODEMOS FAZER A DIFERENÇA... VENHAM APOIAR O NOSSO PROJETO!

Sobre o promotor

A ADDDL acredita que DIFERENÇA NÃO É sinónimo de INCAPACIDADE e que, com o Projeto Soma, a longo prazo, poderemos contribuir para uma mudança de mentalidade junto da comunidade Leiriense e, quem sabe, nacional.

Com a inciativa "SOMARKMS - 600 kms a pedalar pela IGUALDADE na DIFERENÇA" esperamos poder dar mote a um movimento que inspire a que todos tentemos ultrapassar as nossas próprias limitações pois, ser diferente não significa ser incapaz, mas sim fazer de forma alternativa!

 Rolando Gaspar – Autor da iniciativa SOMARKMS

Licenciado em Ciências da Educação, exerce funções enquanto Educador Social num Lar de Infância e Juventude desde 2008. Ligado ao associativismo há mais de uma década, desempenhou funções de coordenação em diversos projetos de desenvolvimento comunitário. É presidente da Assembleia Geral da ADDDL.

Ricardo Coelho – CO-Autor da iniciativa SOMARKMS

Membro da Liderança do Movimento Refood Leiria desde 2015.

Presidente da Direção da ADDDL.

Carlos Vieira – participante na iniciativa SOMARKMS

Iniciou-se no ciclismo em 1965 tendo representado F.C. de Alverca, Sporting Clube de Portugal, vários clubes de Leiria, e atualmente a União de Ciclismo de Leiria.

Tri-Recordista Mundial de Resistência em Bicicleta (Recordista Mundial do Guiness em 1983, 1990 e 2014).

1986 e 2014 – realização da ligação Vaticano – Fátima, tendo sido recebido pelo Papa João Paulo II e pelo Papa Francisco.

2016 - PREMIADO como “PORTUGUÊS DE VALOR 2016” pela LusoPressTV – França.

Apresentação de coreografia dia 29/1/2017

Apresentação de coreografia dia 29/1/2017

Orçamento e prazos

O objectivo desta iniciativa é o de conseguir alcançar o montante de 3.758€ (50% da despesa total prevista do projecto, acrescida dos custos de comissão PPL), até 31 de Julho de 2017, para ajudar a custear o projeto SOMA durante o ano letivo 2017/2018.

O montante é calculado com base no orçamento que se segue.

Despesas 

  • 9.800€ - Salários Técnica de Psicomotricidades  (700€ x14 meses) 
  • 500€ - Supervisão Mensal (50€x10 meses)
  • 2.400€ - Custos de formação (honorários da formadora) - (300€ x 8 meses)  
  • 2.000€ - Viagens e Estadia da formadora (250€ x 8 meses) 
  • 1.470€ - Aulas de Dança Inclusiva (14h mensais x 15€/h x 7 meses) 

*Considerando a especificidade do trabalha realizado com população com limitações/deficiência, principalmente a nível cognitivo, é obrigatório o apoio de um profissional especializado nesta área e a realização de uma supervisão regular de forma a dar resposta às situações que vão ocorrendo dentro da sala de aula. 

Receitas 

  • 1.950€ - Mensalidades de alunos (15€ x 13 alunos x 10 meses)
  • 800€ - Sessões individuais de DançoMovimentoTerapia (80€ x 10 meses)
  • 6.500€ - Formação anual (650€ x 10 formandos)

16.170€ (Total de despesas) - 9.250€ (Total de Receitas) = 6.920€

 Montante que se pretende alcançar via PPL 

  • 3.460€ (50% total de despesas previsto)
  • 212.79€ - Custos de comissão de 5% do PPL+IVA
  • 85.12€ - Custos de comissão de pagamentos de 2% do PPL + IVA

Imagens

Documentos

Os documentos estão apenas acessíveis a utilizadores registados. Por favor faça login para os consultar.

Facebook