Smile-access - o acesso ao computador através do sorriso

Separadores primários

Esta campanha baseia-se no desenvolvimento de um software para melhorar o acesso ao computador para pessoas sem mobilidade. O objetivo é ter o financiamento necessário para tornar a solução num produto para que fique disponível aos utilizadores.

Estima-se que 15% da população mundial tenha deficiência. Na União Europeia há cerca de 80 milhões de pessoas afetadas por deficiências. Com o envelhecimento da população prevê-se que em 2020 o número aumente para 120 milhões. O público-alvo deste software são pessoas com deficiência física, sendo esta a deficiência que mais limita o acesso ao computador, precisando assim de algum produto de apoio para melhorar o acesso à tecnologia.

Analisando o mercado em números concretos, em Portugal existem 156 246 pessoas com deficiência física (segundo os censos de 2001). Face a estes números torna-se importante criar ferramentas que possam auxiliar no acesso ao computador e assim contribuir para a autonomia das pessoas com deficiência. Surge assim o Smile-Access!

Esta solução consiste num sistema automático de reconhecimento de expressões faciais que possibilita a interação com o computador a pessoas sem qualquer tipo de mobilidade ou com pouca mobilidade. Com base no algoritmo, foi construído um protótipo capaz de reconhecer as expressões faciais de uma pessoa. Para cada expressão existe uma função no computador a desempenhar. Pode ser uma tecla ou um clique do rato. Além de necessitar de poucos movimentos, este modo de interação é um modo natural de comunicação, o que permite facilitar o seu uso e a sua compreensão.

Existem muitas pessoas que apenas usam as expressões faciais como modo de comunicação com outras pessoas. Esta solução pode ajudar a aumentar a qualidade de vida das pessoas com deficiência em momentos de lazer ou na sua vida profissional.

A minha prima a usar o Smile-Access

A minha prima a usar o Smile-Access

Para que o Smile-Access se torne num produto ainda é necessário algum financiamento e por isso surge esta campanha! É necessário financiamento para a aquisição da licença de um dos ambientes de programação (Matlab) e para o design e multimédia usados no software. Como será um produto inovador no mercado, é necessário garantir a sua proteção! Por isso é necessário financiamento para o registo de modelo de utilidade e para registo de marca. Por fim, para que o Smile-Access se torne num produto o mais universal possível é necessário testes em diferentes utilizadores e também algumas demonstrações para que as pessoas possam entender o funcionamento e a utilidade desta ferramenta.
Como acredito que esta solução vá ajudar as pessoas com deficiência, esta deve tornar-se num produto para que fique acessível a todas as pessoas que o queiram adquirir!

Sobre o promotor

Sou a Andreia, natural de Vila Real e tenho 25 anos. Sou licenciada e mestre em Engenharia de Reabilitação. Durante o meu mestrado tentei especializar-me ao máximo em programação e na área da interação homem-computador, desenvolvendo diversas ferramentas que auxiliam o acesso ao computador. Tenho 3 artigos científicos publicados, sendo um deles sobre a ferramenta aqui apresentada.

A nível de experiência profissional, neste momento trabalho na empresa Sem Barreiras em Viseu desde Junho de 2016.

A maior motivação para o desenvolvimento desta solução tecnológica foi a necessidade de aumentar a qualidade de vida da minha prima que tem uma doença neuromuscular degenerativa. Ela tem 16 anos e não tem qualquer solução para interagir com o computador. Depois de uma breve análise concluiu-se que usar expressões faciais como modo de interação poderia ser a solução para ela. Após falar com a professora de ensino especial e as terapeutas, todos concordaram que seria uma solução bastante útil e que poderia funcionar. Com o surgir desta ideia e com uma breve pesquisa sobre o público que esta solução pode ajudar, conclui-se que pode ser uma mais-valia no dia-a-dia de pessoas com deficiência física.

Sou a mentora deste projeto, estando presente em todo o seu desenvolvimento. Além da escolha dos algoritmos utilizados no programa, também sou responsável pela programação. Durante o desenvolvimento do software, este vai sendo testado em diferentes pessoas, com diferentes características, contribuindo assim para o desenvolvimento de um software mais robusto e fidedigno.

Promotora do projeto

Promotora do projeto

Orçamento e prazos

Licença do Matlab - 800€
Design e multimédia - 200€
Registo de modelo de utilidade - 240€

Registo de marca - 160€

Deslocações para testes em utilizadores e demonstrações - 60€

Comissões para o PPL - 140€

 


 

Galeria de Imagens

Documentos

Os documentos estão apenas acessíveis a utilizadores registados. Por favor faça login para os consultar.

Facebook