Água por férias na Quinta Alma.

Separadores primários

Na Quinta Alma a água e a electricidade são locais. A água é o elemento mais valioso e a seca é assustadora. Captar, manter e circular a água de forma adequada e eficiente é o nosso maior desafio. Ajude-nos a financiar a reconstrução do lago e venha umas passar férias únicas na Quinta Alma.

Acreditamos que a Natureza é a melhor fonte de relaxamento, introspecção e inspiração. Por isso, criámos um espaço de Natureza selvagem altamente diferenciado, fora da rotina e em profunda conexão com a Natureza. A Quinta Alma é um local de turismo ecológico com 45 hectares de floresta e animais, onde as pessoas podem desligar da realidade urbana, do stress, e religarem com a sua essência mais íntima e criativa.

Na Quinta Alma, os abrigos são simples. São tendas de estilo safari muito confortáveis, com bom gosto e permeáveis ao contacto com a Natureza. As casas de banho são ecológicas e secas. Não utilizamos água e o composto é posteriormente utilizado como adubo nas hortas. Os chuveiros são de aquecimento solar e o tratamento destas águas é feito de forma biodegradável com total aproveitamento para a horta.

Tenda Safari na floresta.

Tenda Safari na floresta.

Na Quinta Alma está tudo pensado, desenhado e implementado com base nos princípios e práticas da permacultura, para que os visitantes e os hóspedes estejam em contacto com os 4 elementos da Natureza de forma natural e harmoniosa.

A Quinta Alma fica na Costa Vicentina, no sopé da Serra De Monchique, a 5Km do centro de Aljezur e ao lado de algumas das melhores praias da Europa.

O​ ​Desafio

Para ultrapassar as dificuldades da falta de água, vamos recuperar um antigo grande lago que se encontra no vale entre duas encostas lindíssimas. Este lago servirá para alimentar as minas e fontes de água a jusante, enquanto se potencia a biodiversidade local e se forma um reservatório para rega e para apagar eventuais incêndios que possam deflagrar. O lago será também um ponto de contacto das pessoas com a Natureza, através do elemento água. Aqui as pessoas poderão banhar-se e refrescar-se no meio de sensações que apenas se tem quando em contacto com a água no seu estado natural.

O vale onde ficará o lago.

O vale onde ficará o lago.

Como podes ajudar?

A recuperação do lago vai custar 15.000€ e precisamos de metade deste valor.

Pode ajudar divulgando e contribuindo financeiramente para chegarmos aos 7.500€ + custos de campanha. Em troca, teremos todo o prazer em recompensar com descontos no Alojamento e ofertas exclusivas de produtos gastronômicos feitos com dois dos ingredientes mais iconográficos de Aljezur e que podemos encontrar na Quinta Alma: a Batata Doce e o Medronho.

Sobre o promotor

Joana Gorjão e Mário Silva são casados e têm duas filhas. Criaram a Quinta Alma à imagem da sua visão, de profunda comunhão com a Natureza como via de inspiração e exemplo de uma vida mais equilibrada e sustentável.

Joana, empreendedora por natureza, conta com mais de 15 anos de experiência em produção de eventos, desenvolvimento de recursos humanos e gestão de equipas multidisciplinares.

Mário, MBA, colabora actualmente com a Comissão Europeia na área da inovação para uma Agricultura e Alimentação mais sustentável. Trabalhou em multinacionais e criou duas startups inovadoras na área da reciclagem. É polivalente na suas competências, acumulando sólida experiência em gestão de marketing, desenvolvimento de negócio e gestão financeira.

Orçamento e prazos

Valor mínimo a suportar pela campanha de crowdfunding: 8.250€, dividido entre:

  • Financiamento de metade do custo da construção do grande lago: 7.500€
  • Custos com a campanha de crowd funding - 750€

Imagens

Facebook