Por Ela - O filme

Separadores primários

Por Ela é uma comédia, é uma tragédia - é um bocado como a vida! Uma história, criada por Nuno Markl, capaz de comover e de fazer rir, sobre a improvável e caótica amizade entre dois rivais.

Por Ela é uma comédia, é uma tragédia - é um bocado como a vida.

Temos tudo para fazer um filme simples sem ser simplista, uma história, criada por Nuno Markl, capaz de comover e de fazer rir, sobre a improvável e caótica amizade entre dois rivais. Tem um elenco que vai surpreender e que mistura um comediante popular da televisão e do teatro de improvisação num papel como nunca o viram (César Mourão), um intenso e versátil actor de teatro (Tónan Quito) e uma das mais famosas cantoras nacionais dando o passo que muitas das canções que interpreta sugerem, para a pele de uma personagem - uma mulher encantadora que acaba por tornar-se no vértice principal do mais improvável e original triângulo amoroso de sempre (Ana Bacalhau).

Temos um realizador formado na televisão, no cinema, nos videoclips, na publicidade, capaz de ter uma sensibilidade artística e sentido de humor, bebendo tanto a Ingmar Bergman como a Judd Apatow (Jorge Vaz Gomes).

Achamos que vos podemos dar um filme que vos irá divertir e emocionar. Acreditamos no poder das pessoas que poderão gostar de ver este filme para, na medida das suas possibilidades, contribuírem para a sua concretização. O cinema faz-se do trabalho de várias pessoas de talento. Não pedimos muito, para que nos ajudem a pagar-lhes o que elas merecem.

Em troca pelo vosso investimento, seja ele grande ou pequeno, oferecemos, para além de uma lista de prémios, aquilo que, para nós é essencial: um filme à altura da vossa confiança, que nos orgulhe a todos.

Façam parte desta aventura. Obrigado!

Este valor é o início desta grande aventura, caso seja ultrapassado significa o grande sucesso deste projecto e o grande desejo que todos os apoiantes têm de o ver concretizado. Queremos ser muito honestos com todos vocês deixando claro que, para que tenhamos um produto de qualidade e que seja do agrado de todos vós, envolve muito dinheiro e, por isso outros apoios poderão ser necessários.
Pode ser co-produtor(a) do Por Ela das mais variadas maneiras, adaptadas às mais variadas bolsas e todas elas envolvendo regalias descritas no lado direito.

Notas sobre as recompensas:

  • Todas as ofertas serão enviadas por correio na data de estreia excepto a participação na rodagem.
  • Para o Estrangeiro serão acrescentados os portes de envio
  • Por motivos logísticos algumas ofertas de montantes mais elevados têm limite de participantes.

A Sinopse

Henrique (César Mourão) e Pedro (Tónan Quito) têm uma coisa em comum: amam a mesma mulher, Luísa (Ana Bacalhau). Henrique, um pacato mas divertido e apaixonado professor, está a dias de casar com ela; Pedro, biscateiro rebelde e irritado com o mundo e consigo próprio, é o melhor amigo dela desde a escola, mas nunca teve a coragem de dar o passo que Henrique deu. Quando um dia ela desaparece da vida deles, nada mais lhes resta do que tentarem construir uma desastrada amizade aos solavancos, baseado numa simples evidência: cada um deles percebe que ninguém mais no planeta percebe melhor o seu desgosto... do que o outro.

As influências

As influências de Por Ela são várias, e vão desde o Billy Wilder de O Apartamento ao James L. Brooks de Melhor é Impossível, passando por Little Miss SunshineUma Família à Beira de um Ataque de Nervos. Mas não queremos copiar ninguém, temos a nossa história e a nossa maneira de fazer as coisas. E reunimos uma equipa que nos garante que temos uma oportunidade dourada de fazer as coisas bem e com o perfeccionismo que o vosso interesse no projecto merece.

Sobre o promotor

Para concretizar este projecto, juntámos um elenco perfeito, composto por artistas talentosos que irão encarnar personagens que foram escritas a pensar neles. Temos a Ana Bacalhau, vocalista dos Deolinda, naquela que será a sua estreia como actriz – embora quem ouça os discos e vá aos concertos, saiba que desde a primeira hora que a Ana tem uma actriz dentro dela, capaz de encarnar as mais diversas personagens em cada canção dos Deolinda. Temos o César Mourão, conhecido pelas suas participações em inúmeros programas televisivos e como um dos mestres da comédia de improvisação no grupo Commedia a la Carte, que aqui poderá mostrar que é mais do que um humorista – é um actor, capaz de fazer rir e de comover em partes iguais. E temos o Tónan Quito, um dos mais talentosos e destemidos actores de teatro em plena ascensão.

O realizador é Jorge Vaz Gomes, o artista ideal para uma demanda que lhe pede que as suas referências cinéfilas todas – que vão desde Ingmar Bergman até Judd Apatow – sejam todas postas a bom uso. O Jorge já trabalhou em cinema, fotografia, televisão e publicidade; em ficção, videoclips e documentário. Assinou curtas-metragens, episódios, momentos de programas do Canal Q que vão desde ShowMarkl a Clube da Palavra; o videoclip da canção Ele Domina, dos Mesa; campanhas publicitárias para a ZON, a rádio SWTMN, a Philips; e o documentário Tudo o Que Sei Aprendi com as Novelas da Globo.

O director de fotografia é David Valadão, tendo assinado vários trabalhos na área do cinema, videoclips, publicidade e televisão. Colaborou também como assistente de imagem nos filmes Até Amanhã CamaradasCall GirlA Bela e o Paparazzo ou o mais recente filme de António- Pedro Vasconcelos, Os Gatos Não Têm Vertigens.

A produção está a cargo da Rita Silva, cuja vasta experiência passa pelo cinema e pela televisão. A Rita trabalhou na produção do filme Florbela, de Vicente Alves do Ó, com Dalila Carmo, e em diversos programas do Canal Q como Felizes Para Sempre. É tão versátil que também fez trabalho incansável na cobertura da Volta a Portugal em Bicicleta da RTP.

A música será importante no Por Ela, e as canções pretendem ter o mesmo tipo de impacto na narrativa que os temas de Simon & Garfunkel tinham no clássico de Mike Nichols A Primeira Noite. Dois dos melhores artista portugueses da actualidade foram escolhidos para criar, em colaboração um com o outro, mas cada um no seu estilo, canções que espelhem o espírito de cada um dos dois protagonistas masculinos da aventura – João Só assegurando pop luminosa para o optimista e gentil professor Henrique, encarnado por César Mourão; Samuel Úria entrando nos caminhos mais alternativos e escuros da mente de Pedro, o seu rival, encarnado por Tónan Quito.

O look dos materiais promocionais do Por Ela – cartazes, logótipos, etc – é assegurado pela ilustradora e designer Patrícia Furtado, autora das ilustrações dos livros Caderneta de Cromos, Caderneta de Cromos Contra-Ataca, Sebastião Regressa a Casa e criadora do original livro de culinária Café Patita, entre outros projectos de ilustração para livros, revistas e jornais de grande tiragem.

Quanto a este que se assina: chamo-me Nuno Markl, trabalho desde 1995 profissionalmente na escrita e interpretação de projectos de humor para televisão – Herman Enciclopédia, Paraíso Filmes, O Programa da Maria, Os Contemporâneos, 5 Para a Meia-Noite – e para rádio – O Homem Que Mordeu o Cão, Caderneta de Cromos, Há Vida em Markl. No Cinema, fui actor no filme A Bela e o Paparazzo, de António-Pedro Vasconcelos. A experiência que fui adquirindo ao longo destes anos na escrita de guiões de humor e a contar histórias em rádio e televisão é capaz de ter acabado por concentrar- se toda na escrita do argumento do Por Ela. Para mim, acabe produzido ou no esquecimento, será sempre das melhores coisas que escrevi na vida – o que, na verdade, não quer dizer grande coisa até demonstrarmos que dali pode sair um bom filme. A ideia foi sugerida por Ana Galvão, com quem contraceno não apenas na série Felizes Para Sempre, do Canal Q, mas também na vida, ela própria. Sem a sua preciosa contribuição durante todo o processo de construção deste argumento, ele não seria a mesma coisa.

Juntando todas estas pessoas, mais os técnicos de som, imagem, guarda- roupa, cenografia, iluminação, produção, etc., acreditamos que conseguimos criar um filme de apelo universal sobre assuntos próximos a toda a gente, uma comédia dramática para qual estamos a recrutar algumas das melhores pessoas das respectivas áreas de trabalho e que pretendemos que seja tão universal que, sem deixar de ser 100% portuguesa, possa conquistar o coração dos espectadores portugueses e, eventualmente, ser levada a concorrer a festivais internacionais ou, simplesmente, a ser exibida em salas de cinema fora de Portugal. Mesmo que em salas pequenas, obscuras e com pulgas.

www.porelaofilme.pt
facebook.com/porelaofilme
twitter.com/porelaofilme
instagram.com/porelaofilme

Imagens

Facebook