"Daqui Ali - De Portugal à África do Sul de Bicicleta", o Livro

Separadores primários

Apoia o livro que conta a história de uma fascinante viagem de Portugal ao Cabo da Boa Esperança...de bicicleta! 15.000 km, quase mil horas a pedalar, 22 países, determinação e um milhão de histórias.

Com esta campanha pretendo reunir fundos para a impressão do meu quarto livro, segundo de viagens, depois do "Daqui Ali - De Portugal a Singapura Por Terra".

Como com o primeiro "Daqui Ali", tudo aquilo que aprendi e vivi fez com que não pudesse não partilhar.

O que podes retirar deste livro?

  • É preciso estar em forma...?

Nada disso!

Quando saí de Vale de Cambra, naquele dia chuvoso, já não andava de bicicleta há anos e não mexia o rabo há meses. E custou-me, mas habituei-me!

  • É perigoso?

Não!

Azares acontecem em qualquer lado e há pessoas boas e más em todo o lado.  Contudo, ou sou a pessoa mais sortuda do mundo, ou o mundo está bem mais cheio de boas do que de más, algo que vais perceber ao ler.

  • Inspiração

Sinto-me sempre um pouco constrangido em estar aqui a afirmar que te posso inspirar pois, afinal de contas, quem sou eu, não é?

Pelos vistos, sou só uma pessoa, mas as pessoas que são só pessoas podem inspirar outras pessoas, tal como outras me inspiraram a mim. Talvez a maneira como eu te possa inspirar seja mostrando o quão fácil é partir a partir do momento em que tomámos essa decisão, se é isso que queres mesmo fazer. Não acho que toda a gente deva viajar, acho sim que as pessoas devem fazer seja o que for que as faz felizes. Para mim é isto, e quem sabe se ao ler estes passos que eu tomei para me libertar das correntes da normalidade tu próprio/a não estarás mais próximo/a disso...

  • Truques

Depois de ter visitado mais de 80 países em várias viagens ganhei algumas experiências, aprendendo alguns truques, maneiras de nos safarmos de algo. Não vais ficar a saber tudo, pois eu também não o sei, nem nunca o saberei, mas da mesma forma que eu beneficiei também de conselhos de outros viajantes, tu também podes com este livro.


O que aconteceu?

  • Atravessei o Deserto do Sara;
  • Passei uma tarde com revolucionários pela independência do Saara Ocidental;
  • Andei no comboio mais longo do mundo na Mauritânia, num louco desvio deserto adentro;
  • Atravessei a fronteira da Guiné-Bissau para a Guiné-Conacri por carreiros pelo meio da selva;
  • Fui detido na Serra Leoa por polícias bêbedos à meia-noite;
  • Fui parado pela polícia 23 vezes na Nigéria, confundido com terroristas dezenas de vezes e detido umas horas;
  • Fiz de xamã numa alucinante cerimónia com uma tribo na floresta do Gabão;
  • Estive a 5 metros de um gorila na floresta do Gabão enquanto pedalava;
  • Atravessei Angola num mês despendendo apenas 10€;
  • Atravessei o Deserto do Namibe;
  • ...cheguei ao Cabo!

E tantas, tantas outras experiências que são tão mais difíceis de explicar numa linha repentina.

VEM NESTA VIAGEM COMIGO!

[Tinha um limite de espaço para escrever neste campo. Se quiseres ler o texto na íntegra clica aqui]

Sobre o promotor

Sou um rapaz que tenta isto de ser escritor-viajante, escritor só, viajante só, enfim, tento pegar em coisas que aprecio, misturá-las e numas vezes gozá-las todas ao mesmo tempo, noutras uma de cada vez. Acho que a compreensão que tenho de mim e do mundo que me rodeia e desta estranha circunstância que é a VIDA age de uma forma paradoxal e deixa-me mais confuso ainda, o que é espectacular!

Sou alguém que tem um certo medo, ou respeito, ou outra coisa qualquer, pela morte e isso acaba por fazer com que tenha respeito extra pela VIDA, vontade de viver, de arriscar, de sonhar. É por isso que faço estas cenas - não me quero resignar a uma VIDA porreira, quero o melhor possível.

Nasci em Vale de Cambra em 84, fui estudar Psicologia para Coimbra em 2002, onde passei 5 anos inesquecíveis. Pelo meio 1 na Finlândia em Erasmus - a primeira vez que vivi fora da nação, um abre olhos fenomenal, aquele gosto pelo que está do lado de lá a vociferar. Acabei o curso e fui para a Noruega fazer um estágio de 6 meses e daí fui direito para a Inglaterra, onde passei 2 anos como psicoterapeuta. Depois um dia fui à Índia... Vi-me rodeado de umas 15 pessoas e percebi que, de todos, quem estava a viajar durante menos tempo era eu - 2 semanas apenas. E depois de mim alguém que andaria em viagem 5 meses. E outros 1 ano, 2... Quando percebi que eles eram só pessoas de carne e osso, tal como eu, percebi que afinal bastava decidir ir e...ir.

Nunca mais olhei para trás.

Sabia que era arriscado abdicar de um trabalho estável, mas tinha de fazer aquilo que achava certo. Despedi-me e fui viajar.

9 meses e meio no continente Euroasiático, 3300€, 20.000km à boleia, preso no Laos, a 2km do Bin Laden 12horas antes de o matarem no Paquistão, na Síria antes da revolução, 1 semana no Iraque sem um cêntimo, 11 dias no Irão com 20€ - um sem número de estórias e realizações acerca da natureza humana que tinha de meter no papel. Publiquei assim o "Daqui Ali - De Portugal a Singapura Por Terra" em Maio de 2013 e o sucesso que teve permitiu-me perceber que afinal, quem sabe, talvez pudesse viver disto!

Voltei a trabalhar na Inglaterra entre 2012 e 2013 em part-time - vivia em Portugal e ia lá uma semana por mês. Era um regime muito porreiro, mas não era o meu sonho. Voltei a despedir-me, desta vez com a ideia de investir tudo noutro estilo de VIDA e fui atrás de uma nova aventura. Parecia uma ideia ridícula, quase surreal, mas achava que era possível.

Elaborei um plano tosco, que foi mudando ao longo da viagem, e mandei-me!

Foi uma loucura de viagem. Foi duro, foi surpreendente, foi apaixonada, foi exasperante, foi recompensadora, foi sublime, foi uma fonte constante de admiração perante os cenários que encontrei e, acima de tudo, a bondade daquelas pessoas que permitiram que só tivesse pago para dormir em 20% das noites.

Agora estou aqui, em Portugal e tudo o que quero é ter e partilhar estas experiências.

Orçamento e prazos

O valor indicado é uma estimativa e será necessário para a impressão de 500 exemplares Terei mais custos associados mas suportá-los-ei, nomeadamente:

  • Envio dos livros e outras recompensas;
  • Recompensas;
  • Impressão das t-shirts e comissão do designer das mesmas;
  • Taxas de 5% mais IVA a 23% da PPL, bem como eventuais taxas da Paypal;
  • Outros.

Imagens

Facebook