A Mãe da Noiva

Separadores primários

No final do copo d'água do casamento, a mãe da noiva prepara-se para fazer um pequeno discurso seguido de brinde. No entanto, o discurso transforma-se num ajuste de contas com as pessoas que passaram pela sua vida.

Ana Saragoça nasceu em Viana do Alentejo, frequentou a Faculdade de Letras de Lisboa e formou-se como actriz pela Escola Superior de Teatro e Cinema. Publicou os livros, Todos os Dias são Meus (2012) e Quando Fores Mãe Vais Ver (2013). Escreveu, para teatro A Mãe da Noiva (em versão micro-peça) (2012), Não Sou eu, És Tu (2012) e Sem Rede (2013). Agora, pegou no texto A Mãe da Noiva, versão micro-peça, e escreveu uma versão longa para teatro. A Mãe da Noiva, cuja estreia está marcada para 1 de Março, constituindo a 19º produção de palco da Buzico! Produções Artísticas com encenação de João Ascenso.

Para além de autora do texto A Mãe da Noiva, Ana Saragoça é também a interprete deste espectáculo. A sua carreia de actriz em teatro passou por companhias como o Teatro da Cornucópia, o Teatro Ibérico, o Teatro da Graça, o Teatro Infantil de Lisboa, entre outras companhias. Em cinema, participou nos filmes Mausolée Pour une Garce e Volpone, e na curta-metragem Como se Fosse a Última. Em televisão, participou como actriz convidada em várias séries e telenovelas, a última das quais Ouro Verde (2016/2017).

O espectáculo A Mãe da Noiva, em registo de comédia, é uma reflexão sobre as muitas questões enfrentadas actualmente pelas mulheres de meia-idade, que já não estão, como dantes, no final da vida, mas prontas para viver uma segunda juventude, livres de constrangimentos e inibições.

O objectivo desta campanha de crowdfounding tem como finalidade o apoio ao pagamento de direitos autorais, encenação, ensaios do espectáculo, desenho de luz, cenografia, design gráfico e materiais e campanhas de promoção, bem como, a classificação etária do espectáculo, as licenças de representação.

Sobre o promotor

A Buzico! Produções Artísticas existe desde 2011, trata-se de uma estrutura de meios humanos e logísticos que concebe, produz e promove espetáculos culturais. Desde a sua fundação, a Buzico! Produções Artísticas, já produziu e co-produziu 18 espetáculos, entre os quais se destacam: Hamlet da Silva, de Miguel Morrillo, com encenação de Eduardo Condorcet e interpretações de Alexandra Saragento, Augusto Portela, Catarina Matos e Marco Costa; Broadway Baby – A História do Musical Americano, de e com Henrique Feist, que venceu com este o Globo de Ouro de Melhor Actor de Teatro; Esta Vida É Uma Cantiga, espetáculo musical de homenagem à Revista à Portuguesa, de Henrique Feist e Vítor Pavão dos Santos, com Henrique Feist, Vanessa, FF, Anita Guerreiro e Simone de Oliveira; Quatro Metades, baseado em 4 contos de Mia Couto, com encenação de Renato Godinho e interpretação de Iolanda Laranjeiro; A Cantora Careca, de Eugéne Ionesco, uma encenação colectiva, com interpratções de Alexandra Sargento, Andresa Soares, Fernando Rodrigues, João Cabral, João Gualdino e Sofia Brito; A Noite do Choro Pequeno, autoria e encenanção de João Ascenso e interpretações de Alexandra Sargento e Sofia Nicholson; Um Ano Sem Ti, autoria e encenanção de João Ascenso e interpretações de Isabel Guerreiro, Pedro Barroso, Raquel Rocha Vieira e Ricardo Lérias; Variações, de António, autoria e encenanção de Vicente Alves do Ó e interpretação de Sérgio Praia; A Passagem das Horas, de Fernando Pessoa | Álvaro de Campos, com encenação e interpretação de Nelson Cabral; e mais recentemente, Céu, de Xavier Pereira, encenação de João Ascenso e interpretações de Ana Lúcia Magalhães, Catarina Mago, Catarina Siqueira, Laura Barbosa e Mikaela Lupo.

Orçamento e prazos

Recorremos ao PPL e a uma campanha de crowdfunding por duas razões de factores: primeiro, porque as contribuições podem ser a partir de €1,00, anonimamente ou não; segundo, porque a Buzico! Produções Artísticas não é uma estrutura com apoio financeiro do Estado ou privado e como temos por lema: dar palco às suas paixões, dos artistas, não queremos defraudar as expectativas de quem confia a nós os seus projectos.

Se conseguirmos alcançar o nosso objectivo €1.800,00, este valor terá como finalidade o apoio ao pagamento dos seguintes itens: direitos, encenação, ensaios dos actores, desenho de luz, cenografia, música, design gráfico e materiais de promoção (folhetos, cartazes - MUPIs, A3 - e folha de sala), classificação etária do espectáculo, licenças de representação e campanhas de promoção (redes sociais e meios de comunicação social).

Imagens

Facebook