Apoio para liquidação de dívidas médico-veterinárias

Separadores primários

Com esta campanha pretendemos angariar algumas verbas para as nossas dividas médico-veterinárias. Contamos com a vossa generosidade e ajuda para que possamos atingir o nosso objectivo e continuarmos a ajudar gatos em risco de vida.

No ano de 2017, recolhemos 237 gatos em risco de vida, quase metade deles bebés doentes a necessitar de cuidados médico-veterinários diariamente. Foi um ano de muitas despesas e de poucos meios para tratarmos de tantos animais.

Face a este cenário, estamos a reduzir o número de gatos que recolhemos e ajudamos neste momento, mas, infelizmente, essa medida não é suficiente. Para conseguirmos normalizar a situação financeira da associação e continuarmos a resgatar, reabilitar e salvar mais gatos, precisamos de liquidar as dívidas contraídas no Hospital Veterinário da Maia no ano passado, clínica que nos auxiliou em momentos de dificuldade e em muitas urgências. As despesas perfazem um total de 8159,30€.

A angariação desta verba é fundamental para continuarmos a ajudar felinos domésticos na zona da Maia e Porto, pois, todos os anos, o número de pedidos de ajuda aumenta (em média, recebemos cinco a seis pedidos de ajuda todos os dias).

Alguns dos nossos Tarecos com necessidades especiais e cuidados médico-veterinários

Alguns dos nossos Tarecos com necessidades especiais e cuidados médico-veterinários

Sobre o promotor

O Cantinho do Tareco é uma Associação de Proteção Animal sem fins lucrativos, constituída em 2009 por um grupo de amigos e amantes de animais da zona da Maia, Porto. Neste momento, encontra-se num recinto cedido pelo Espaço Municipal da Maia.

O nosso trabalho passa por recolher gatos em risco de vida e sem abrigo e tratar deles o melhor possível até encontrarem uma família que os adote. Todo o trabalho é feito por voluntários e com a ajuda de algumas clínicas veterinárias com quem temos parcerias e que nos permitem pagar as nossas despesas em prestações. Sobrevivemos com donativos e é desta forma que suportarmos todas as despesas da associação.

No gatil, temos, neste momento, 74 tarecos disponíveis para adoção, 22 em tratamento médico. Além disso, há 20 gatos em FAT (Famílias de Acolhimento Temporário) cujas despesas são também suportadas pela associação, e quatro gatos FeLV Positivos que estão numa sala à parte, e exigem supervisão mais detalhada. Também fazemos medicações e supervisão diariamente a todos os tarecos ao nosso cuidado e deslocamo-nos a consultas às clínicas veterinárias pelo menos duas vezes por semana.

Alguns dos nossos Tarecos com necessidades especiais e cuidados médico-veterinários

Alguns dos nossos Tarecos com necessidades especiais e cuidados médico-veterinários

Orçamento e prazos

As despesas médico-veterinárias que temos por liquidar perfazem um total de 8159,30€ como se verifica abaixo:

  • Julho de 2017: 1850,29€

  • Agosto de 2017: 1848,07€

  • Setembro de 2017: 922,41€

  • Outubro de 2017: 1270,05€

  • Novembro de 2017: 857,68€

  • Dezembro de 2017: 1410,80€

A angariação desta verba é fundamental para continuarmos a ajudar felinos domésticos na zona da Maia e Porto, pois, todos os anos, o número de pedidos de ajuda aumenta (em média, recebemos cinco a seis pedidos de ajuda todos os dias).

Galeria de Imagens

Documentos

Os documentos estão apenas acessíveis a utilizadores registados. Por favor faça login para os consultar.

Facebook