Clowncare - A Felicidade Não Tem Idade

Separadores primários

A Clowncare pretende criar um serviço único em Portugal: visitas de palhaços a lares de idosos para contagiar o ambiente com felicidade e boa energia! Queremos que os idosos possam sorrir mais, rir mais e brincar mais porque acreditamos que com a humanização dos serviços gerontológicos e o bem-estar da pessoas mais velhas não se brinca. Ajude-nos a financiar as primeiras 100 visitas.
Todos nós conhecemos um idoso sozinho. Alguém que viveu, criou uma família, teve interesses e paixões. Não é um desconhecido, é o nosso avô, o nosso tio, o nosso vizinho, os nosso pais... São quem nos pegou ao colo, quem nos levou à escola, nos curou os arranhões nos joelhos e as desilusões amorosas com tempo e dedicação. São quem chorou no nosso casamento e quem fez questão de conhecer o novo bébé da família. São pessoas que deram muito para a nossa vida e a quem não conseguimos retribuir como gostaríamos.
 
Esta é a dura realidade dos nossos dias e a frágil situação económica do nosso país - aliada ao nosso estillo de vida cada vez mais urbano e mais ocupado -  veio aumentar ainda mais a exclusão social e a solidão permanente dos mais velhos.
 
Para a clowncare a felicidade não tem idade, não tem género nem prazo de validade. O projeto “Clowncare – A Felicidade Não Tem Idade” surge com o intuito de desenvolver um programa de intervenção junto de idosos institucionalizados. Queremos assegurar que equipas de palhaços profissionais possam visitar estes idosos, proporcionar momentos de alegria e reduzir a solidão dos mais velhos. Porque rir é um assunto sério, especialmente para aqueles que nem sempre têm muitas razões para sorrir.  O combate à solidão na terceira idade faz-se possibilitando momentos de felicidade e contacto humano e que a arte do Palhaço é uma forma privilegiada de conseguir promover esses momentos. 
 
As nossas equipas serão constituídas por palhaços profissionais, com formação adequada, que irão visitar instituições da grande Lisboa (e, no futuro, noutras regiões) com o objetivo de:
 
. Contribuir para o bem-estar dos seniores institucionalizados;
. Promover a humanização dos serviços de apoio à terceira idade;
. Valorizar a Arte do Palhaço em contextos gerontológicos.
 
Paralelamente, pretendemos ainda:
 
. Promover e participar em atividades de pesquisa que sustentem a nossa intervenção;
. Dar formação a técnicos que trabalhem com a 3ª Idade;
. Criar ações que dissiminem a Arte do Palhaço nas suas vertentes artísticas, educativas e sociais.
 
As equipas no terreno serão pagas e prevemos obter receitas através da prestação de serviços às instituições privadas para que as instituições sem fins lucrativos possam usufruir das nossas visitas por um valor simbólico.
 
 
A equipa Clowncare

A equipa Clowncare

Sobre o promotor

A ClownCare é uma associação sem fins lucrativos criada por um coletivo de profissionais - uns mais palhaços do que outros - que ao longo dos anos desenvolveu projetos em diversas áreas desde Jornalismo, Formação, Design, Animação com Seniores e claro, Clowning.

Fazem parte dos órgãos sociais da Associação Clowncare: Anita Silva, José Luz, Rita Marques, Luisa Adão, Virgílio Varela, Sara Caetano, Ana Oliveira, António Gomes e Sérgio Gonçalves. 

Consideramos o empreendedorismo social um mundo recheado de desafios, e sabemos que a promoção do bem-estar dos mais velhos é um deles. Ora, como os palhaços gostam de um bom desafio...  Vamos lançar um serviço pioneiro em Portugal: Palhaços profissionais que visitam idosos institucionalizados de forma regular para lhes devolver o Direito à Alegria!

Neste momento ainda não temos o estatuto de utilidade pública mas estamos a trabalhar para que isso aconteça ainda em 2015.

Orçamento e prazos

Queremos angariar 6500,00€ até dia 15 de Abril para lançar a fase piloto do projeto durante 5 meses, de Maio a Setembro de 2015. Nessa fase planeamos que uma equipa de dois palhaços possam realizar as primeiras 100 visitas na área da grande Lisboa e que a campanha de fundraising possa assegurar o funcionamento da associação até ao final de 2016.


As despesas iniciais do projeto são sobretudo a remuneração da equipa de palhaços, as suas despesas de deslocação e todo o trabalho de divulgação do projeto, de forma a angariar os fundos necessários para dar continuidade a esta causa e garantir a sustentabilidade da associação.


Resumo do orçamento:

Artistas: 5000€

Deslocações: 300€

Actividades de Divulgação e Fundraising: 1200€


Galeria de Imagens

Facebook