Uma casa muito especial em Inharrime!

Separadores primários

Vamos construir uma casa em Inharrime, Moçambique. Aqui começa um novo caminho cheio de oportunidades para os meninos e para a Avó Zaida.

O Anolêncio, o Biolávio e o Zenaldo são três irmãos que vivem com a Avó Zaida "no mato" e longe da comunidade mais próxima. Devido a esta distância, estes meninos não frequentam a escola e a Avó Zaida, tem de percorrer largas distâncias para ir buscar água e alimentos. Com o avançar da idade esta distância torna-se pesada e são muitos os Kilómetros que tem de percorrer debaixo de calor. Os chapas (os autocarros lá do sítio) não chegam até casa deles, o caminho é de muito difícil acesso, deixando esta família completamente isolada. Um dos problemas desta distância já se fez sentir, a Avó Zaida não conseguia deslocar-se até ao Centro Laura Vicuña para a distribuição de alimentos que acontece 4 vezes por ano. E acreditem que muita falta lhe fazem estes alimentos. Como podem ver no vídeo esta família vive com muito pouco e sem recursos, dormem todos juntos no chão dentro de uma "palhota" muito pequenina e com apenas uma rede mosquiteira para os 4.

Queremos dar-lhes mais condições, tornar a vida deles mais leve e principalmente que os meninos possam ter a oportunidade de estudar. Por isso o nosso objectivo é inseri-los na comunidade para irem à escola, para brincarem com outras crianças e terem mais acessibilidades.

Qualquer ajuda é bem vinda!

Esperamos que com a ajuda de todos consigamos realizar este sonho!

Prometemos enviar as fotos do antes/ depois a TODOS os participantes que nos deixarem o seu email (colocar quando fizer a transferência).

Em nome de todos nós (Família Gomes e Família Santos),

Obrigada!

Nabonga!

Avó Zaida com os netos <3

Avó Zaida com os netos

Sobre o promotor

Cláudia Gomes e Carla Santos, conhecemo-nos desde que nos lembramos de ser gente. Família Gomes e Família Santos, vizinhos.

Conhecemos a Associação Amigos de Inharrime em 2015, do outro lado do mundo, mais concretamente numa visita a Kyoto. Conhecer portugueses em qualquer parte do mundo, é algo de especial, e este encontro revelou-se uma enorme supresa e que nos levou até estes Amigos.

Ainda em 2015, junto com as nossas famílias, apadrinhamos o Anolêncio e o Biolávio e em 2017 a Cláudia foi até Inharrime, em voluntariado durante 2 meses, e teve a fantástica oportunidade de partilhar com esta comunidade momento incriveis, entre os quais conhecer esta família de 3 meninos muitos especiais e uma Avó de uma força incrível.

Chegar a esta família, não foi fácil, pelo que a ideia de aproximá-los da comunidade começou aqui.

Cláudia com a Avó Zaida e os meninos <3

Cláudia com a Avó Zaida e os meninos

Orçamento e prazos

A campanha termina no dia 6 de Abril de 2018.

O nosso objectivo é angariar 770€ através desta plataforma de crowdfunding, valor necessário para os materiais e a mão-de-obra necessária à construção da "palhota" em Inharrime, Moçambique. O Terreno foi oferecido por nós, um passo importante na qual tivemos o apoio e a ajuda da Irmã Lucília do Centro Laura Vicuña, a quem muito agradecemos.

Ao atingirmos o objetivo, iremos fazer chegar este valor a Inharrime por forma a dar inicio à construção da "palhota". Prevemos que a sua conclusão demore cerca de um mês, 40 dias.

Se o montante angariado for inferior ao objectivo fixado, o dinheiro angariado é devolvido aos apoiantes, podendo cada apoiante decidir fazer o donativo mesmo que o objectivo não seja alcançado.

Capulanas para as recompensas

Capulanas para as recompensas

Imagens