Gravação do cd "pessoa" pelo trio pessoa | PPL

Gravação do cd "pessoa" pelo trio pessoa

Separadores primários

Colabore na realização do primeiro cd do trio pessoa, num projecto inovador e ambicioso que valoriza a música portuguesa.

O que é o projecto "pessoa"? 

Este projecto consiste na gravação de um cd inteiramente dedicado à música portuguesa escrita para trio com piano. O trio pessoa é o promotor deste projecto e é constituído por João Crisóstomo (piano), Otto Pereira (violino) e Raquel Reis (violoncelo). O trio pessoa é um grupo de jovens músicos de mente aberta e curiosa, que se identificam com vários estilos musicais para além do universo da música clássica. O projecto “pessoa” trata-se de um retrato do trio pessoa, explorando obras de música portuguesa muito distintas e com as quais o grupo se identifica. O trio pessoa vai gravar obras de António Fragoso (compositor do início do século XX), Vasco Mendonça (compositor da atualidade) e Mário Laginha (pianista e compositor). Deste último, o trio vai gravar, em estreia absoluta, uma obra escrita propositadamente para o projecto. Para além disto, o trio vai gravar arranjos dos próprios músicos, de música popular portuguesa. Contará ainda com a participação dos músicos Pedro Jóia (guitarrista) e Ricardo Ribeiro (fadista), como intérpretes e arranjadores.

Esta campanha de Crowdfunding visa cobrir gastos com técnicos de som e material de gravação, edição e masterização, transporte de piano, design gráfico, fotografia e impressão de cds.

O cd será gravado no início de Agosto e concluído no início do Outono, data a partir da qual serão distribuídas as recompensas.

 

Compositores e Obras

Este projecto consiste na gravação de música portuguesa escrita para trio com piano desde o início do século XX até aos nossos dias. Como representante da música portuguesa escrita antes do século XXI, o trio pessoa selecionou para o projeto o “Trio com piano em Dó sustenido Menor”, de António Fragoso (1897-1918). Escrito em 1916, este trio é uma das grandes obras escritas pelo compositor e tem um carácter bastante romântico e contemplativo. O trio pessoa irá também gravar a obra “Drives” de Vasco Mendonça, um dos compositores mais representativos da geração actual de músicos portugueses. Trata-se de uma obra da juventude do compositor, ainda não gravada em cd. Em estreia absoluta, o trio pessoa gravará a obra de Mário Laginha, recentemente composta pelo compositor para este projecto. Por último, o trio pessoa vai ele próprio criar arranjos para esta formação, com o objectivo de aproximar os universos da música popular e da música clássica. O trio pessoa procura assim valorizar as suas raízes e democratizar a música clássica. Ao trio pessoa, juntar-se-ão o fadista Ricardo Ribeiro e o guitarrista Pedro Jóia.

Sobre o promotor

trio pessoa é um trio de violino, violoncelo e piano e nasceu da paixão comum dos seus elementos pela música de conjunto. O objetivo principal do trio pessoa é partilhar com o público esta grande música e levá-la a um público mais vasto e mais variado, não se confinando às salas de espetáculos tradicionais. O trio pessoa apresentou-se na Temporada de Música dos Açores em 2010, tendo igualmente atuado em Lisboa e Alcobaça, tendo-lhe sido atribuída uma Menção Honrosa no Concurso de Interpretação de Alcobaça. Com o intuito de pensar o trio com piano à luz dos nossos dias, o trio pessoa gostaria de iniciar uma reflexão sobre as potencialidades desta formação tão datada, que poderá talvez ultrapassar as fronteiras da música clássica, proporcionando novas abordagens e novas linguagens. O trio pessoa é formado por Otto Pereira, Raquel Reis e João Crisóstomo. 

 

Otto Pereira, violino, nasceu em 1983 em Sófia, Bulgária. Começa os seus estudos musicais com o irmão Emilian Petrov. Estudou no Conservatório Regional do Algarve com o professor Rui Gonçalves e na ANSO com o professor Liviu Scripcaru. Em 2005 venceu o Prémio Jovens Músicos e Prémio Maestro Silva Pereira. Em 2011 arrecadou o Primeiro Prémio e o Prémio do Público no 13o Concurso de Interpretação do Estoril. Colaborou com a European Union Youth Orchestra. Integra desde 2007 a Orquestra Gulbenkian.

Raquel Reis, violoncelo, iniciou os seus estudos musicais em Oliveira do Bairro. Estudou no Conservatório de Música de Aveiro Calouste Gulbenkian com a professora Isabel Boiça e na ANSO com o professor Paulo Gaio Lima. Obteve o 1o Prémio no Concurso de Interpretação das Caldas da Rainha, Samuel and Elinor Thaviu Endowed Scholarship Competition in String Performance e Winnetka Music Club Scholarship. Em 2007, concluiu o Mestrado em "String Performance" na Northwestern University School of Music com Hans Jensen, com distinção de “Honors”. Integra desde 2007 a Orquestra Gulbenkian. 

João Crisóstomo, piano, nascido em Lisboa, iniciou os seus estudos de piano com Aurélia Bastos. No Conservatório Nacional estudou com Ana Sousa Lima e na Escola Superior de Música de Lisboa, com Jorge Moyano. Prosseguiu os seus estudos na Robert Schumann Hochschule em Düsseldorf, com o pianista Roberto Szidon.  Desde 2009 é Mestre em Artes Musicais, pela Universidade Nova de Lisboa. É professor na Escola de Música do Conservatório Nacional e na Escola de Música de Nossa Senhora do Cabo.

Imagens

Documentos

Os documentos estão apenas acessíveis a utilizadores registados. Por favor faça login para os consultar.

Facebook