Livro "Os Últimos Artesãos do Vale do Paiva"

Castelo de Paiva

O livro “Os Últimos Artesãos do Vale do Paiva” pretende retratar os ofícios ainda existentes ao longo do Vale do Rio Paiva e que se encontram em sério risco de desaparecer.

A Associação S.O.S. Rio Paiva, nos contactos regulares que mantém com as populações locais, tem vindo a constatar a existência de artesãos com ofícios e saberes esquecidos ou sem perspectivas de continuidade. Tendo em mente que estes acabarão por desaparecer se nada for feito a curto prazo, a Associação decidiu avançar com a ideia de registar os ofícios que ainda subsistem e conhecer melhor quem os exerce. Ao fazê-lo, espera que se encontrem formas de despertar novamente o interesse por estas actividades, não só para que não se percam, mas também para que o seu valor seja devidamente reconhecido, reencontrando desta forma o seu lugar na sociedade contemporânea.

O LIVRO

Este livro representa um trabalho de cerca de dois anos, durante o qual foram registados cerca de 50 artesãos, que representam mais de 20 ofícios diferentes, alguns dos quais os últimos representantes de artes já raras do artesanato nacional.

Com cerca de 200 páginas, encadernado com capa dura, este livro será profusamente ilustrado com fotografias e textos que mostram modos de fazer, contam histórias de vida e dão a conhecer uma realidade diferente da que nos habituámos nos meios urbanos.


(Mini-Maquete do Livro)

Durante os meses de convivência com as gentes do Vale do Paiva conhecemos modos de viver e de fazer que nos fizeram tomar consciência de outras realidades. Inspirados por estas pessoas, tentaremos passar para um livro tudo aquilo que apreendemos desse contacto. Por isso, a nossa abordagem não será a de criar um livro técnico, onde se descrevem as técnicas inerentes aos ofícios, ainda que não deixe de se falar de técnicas tão variadas como fiar, tecer cestos, temperar metais ou fazer tamancos. No entanto, neste livro focamo-nos mais sobre o porquê do fazer e a motivação que leva estas pessoas a continuarem a criar peças de um modo singular, que contrastam com os utensílios massificados a que estamos habituados, aproximando-as muito mais da arte do que do que vulgarmente se entende por artesanato. Desengane-se quem pensa que aqui tratamos de bugigangas, miniaturas ou de algum tipo de souvenirs pitorescos que cabem na bagagem de mão. Aqui falamos de pessoas que dedicam a sua vida a uma arte para criar peças únicas, tecnicamente irreproduzíveis numa era de reprodutibilidade técnica.

COMO AJUDAR

Apesar de contarmos com o apoio de várias entidades, o valor que temos ainda não é suficiente para a edição do livro.
Faltam-nos 3000€ para conseguirmos uma edição de 1500 cópias. Caso o valor seja ultrapassado, podem estar seguros que cada tostão a mais será convertido em mais uma cópia do livro.

Somos uma equipa reduzida que está a trabalhar afincada e incansavelmente para que o livro seja editado na Primavera de 2014. Contamos por isso, com a ajuda de todos aqueles que de alguma forma se identifiquem ou simpatizem com este projecto, e assim colaborem connosco para que este livro se torne real. Para isso, pedimos-vos que contribuam escolhendo a recompensa que melhor se adequa à vossa posição financeira actual, e que espalhem a mensagem aos vossos amigos, conhecidos e desconhecidos.

As recompensas são variadas, mas destacamos a pré-compra do livro a um preço inferior ao que terá depois de impresso e/ou as peças feitas por artesãos do Vale do Paiva. 

Sobre o promotor

OS PROMOTORES

A Associação S.O.S. Rio Paiva é constituída por um grupo de cidadãos empenhados na defesa e preservação do Vale do Rio Paiva, classificado como um Sítio de Importância Comunitária (S.I.C.) da Rede Natura 2000.


Defende a promoção de uma relação harmoniosa e sustentada entre o Homem, o Rio Paiva e seus afluentes, com respeito pela riqueza cultural e natural deste grandioso Vale, encaixado entre as serras de Leomil, Montemuro e Freita, onde podem ser encontradas várias espécies raras, algumas das quais em vias de extinção e protegidas por Convenções Internacionais.

A EQUIPA:

João Rodrigues trabalha em cinema desde 2004. O seu filme de fim de curso “Preto & Branco” foi incluído na programação de dezenas de festivais de cinema, da Índia a Cuba. Já trabalhou com nomes sonantes e outros menos ouvidos, e encontra-se a terminar a sua 4ª curta-metragem, intitulada “Fortunato - D’aqui até S. Torcato”, um épico rural passado entre o Douro e Minho. Decidiu dedicar dois anos da sua vida a este projecto, pois acredita que a definição de Artesanato na Teoria de Arte necessita de ser reescrita. Neste livro é responsável pela fotografia e textos.

Helena Caetano deu aulas de Educação Musical no ensino público durante 8 anos. Natural de Castelo de Paiva, actualmente dedica todo o seu tempo a fazer o livro sobre os Artesãos do Vale do Paiva. Decidiu desenvolver este projecto com o objectivo de, acima de tudo, valorizar as pessoas que dedicam uma vida a uma arte. É responsável pela produção e pelos textos do livro.

Nuno Reigoto trabalha em design gráfico, paginação e ilustração. Destacam-se os diversos projectos na Câmara de V. N. de Gaia onde faz há 7 anos a paginação da Agenda Cultural, de Catálogos de Exposições e de eventos como o Jazz’n’Blues. Neste projecto é responsável pela paginação e design do livro.

Imagens

Documentos

Os documentos estão apenas acessíveis a utilizadores registados. Por favor faça login para os consultar.

Facebook