Gravação do 3º CD da FRM | PPL

Gravação do 3º CD da FRM

Separadores primários

Oito anos após a gravação do último CD, é tempo de mostrar o trabalho desenvolvido nos últimos anos por esta Filarmónica e deixar um registo para a posteridade do momento musical da nossa associação.

As filarmónicas são instituições importantes na cultura portuguesa e nas comunidades onde se inserem e desenvolvem a sua atividade em torno do ensino e divulgação da música.

Somos uma associação com 146 anos e com uma história que muito nos honra e orgulha. A nossa história é registada pelas formas e meios habituais, mas o resultado do nosso trabalho só pode ser registado para a posteridade, pelas tecnologias disponíveis para o efeito (Vídeo/CD etc.). Assim, em fases diferentes a Filarmónica Ressurreição de Mira efetuou o registo do seu trabalho, gravando em 2004 o seu 1º Cd, "Em...cantos de Mira" com o Maestro Francisco Pereira e em 2008 o 2º, com o título "Show time", sob a orientação do Professor Jorge Paulo Margaça. 

Acreditamos que a nossa Filarmónica se encontra num bom nível exibicional, e por essa razão decidiu a direção em conjunto com o seu Maestro levar a efeito a gravação do seu 3º CD, que prometemos será de excelente qualidade, com repertório moderno e exigente, tal como tem sido os últimos concertos realizados.

Vídeo do último concerto pode ser vistos no Youtube:

Não sendo uma instituição com fins lucrativos, e tal como a grande maioria das associações, somos financeiramente resistentes e sobreviventes, sendo obrigados a uma gestão rigorosa e engenhosa de forma que consigamos prosseguir o nosso principal objetivo...ENSINAR MÚSICA a baixos custos e acessível a todos.

Assim, não nos resta outra alternativa que não seja apostar neste projeto e na boa vontade de todos os nossos sócios, amigos, simpatizantes e desconhecidos para angariar os fundos necessários para gravar o nosso 3º CD.

CONTAMOS COM TODOS. OBRIGADO.

Sobre o promotor

O percurso da Banda de Mira é feito de altos e baixos, e sem certezas absolutas da data da sua fundação, o facto é que em 1870 já existiam duas Bandas em Mira que tocavam a despique, ou seja, a Banda Velha e a Banda Nova de Mira. Este facto leva-nos a supor ter havido, décadas antes, uma só Banda.

Como todas as suas congéneres, passa por várias dificuldades, tendo sempre alguns amigos que foram teimando em levar para a frente a sua querida Filarmónica até aos dias de hoje.

Graças à garra, vontade e determinação de todos, em 1981 foi possível fazer-se a 1º gravação em fita magnética, ainda existente (embora um pouco destorcida) percorrendo a mesma alguns cantos do mundo, reforçando assim o elo entre os nossos emigrantes e a sua terra natal.

Em 2004 grava o seu 1º CD com o título “ Em…Cantos de Mira” com o Maestro Francisco Pereira e em 2008, o 2º CD com o título “Show Time” com o Maestro Jorge Paulo Margaça.

Ao longo de quase um século e meio de existência, tem sido o orgulho das gentes gandaresas, por onde tem levado a sua música, obtendo igualmente a sua internacionalização em Espanha e França e participado nos mais diversos eventos culturais e musicais.

Presentemente a aposta primordial da Filarmónica Ressurreição de Mira é na formação de músicos, tendo assim uma Escola de Música com 65 alunos com idades compreendidas entre os 3 e 16 anos e um quadro com 20 professores, garantindo por isso um futuro promissor. A Filarmónica Ressurreição de Mira, uma coletividade que está em constante desenvolvimento e crescimento, com novidades no tipo de repertório e com perspetivas didáticas e mais exigentes no ensino da música, conta já com mais de metade dos seus alunos e músicos a frequentarem o ensino oficial nos Conservatórios de Música de Aveiro/Coimbra, Academia de Música de Cantanhede, Escola de Artes da Bairrada, JOBRA, Universidade de Aveiro, etc. A sua Escola de Música é assim a base de formação dos seus músicos e a Direção Pedagógica está a cargo de Joana Gaspar desde 2008.

Ao longo dos últimos anos, a Filarmónica de Mira tem vindo a organizar vários cursos, conferências, workshops e masterclasses com o objetivo de formar cada vez mais e melhor os seus músicos, desenvolver e promover o trabalho da Filarmónica e de se afirmar no panorama nacional e ser pioneira no que toca à organização de eventos com os melhores pedagogos, músicos e maestros portugueses e estrangeiros. Destacam-se assim o I e II Estágio de Banda orientado pelo Maestro espanhol José Ignácio Petit e o I Curso de Direção orientado pelo Professor António Saiote.

Além da Banda Filarmónica, Coro Infantil e Orquestra Infantil, conta também com o Grupo de Música Sacra, que alegra as celebrações com cânticos que refletem a juventude dos seus executantes e do seu maestro.

Desde outubro de 2015 a Direção Artística está entregue ao Maestro Ricardo Gonçalves.

Orçamento e prazos

Estúdio/Produção: 2700€

Aluguer de sala para gravação: 500€

Publicidade/deslocações: 1500€

Logística:300€

PPL (5%) + IVA (23%): 307,50€

Prazos: 31/03/2017

Imagens

Facebook