Novo espaço cultural em Lisboa | PPL

Novo espaço cultural em Lisboa

Separadores primários

Somos um grupo de jovens que pretende criar um espaço que divulgue os artistas nacionais das diferentes áreas, principalmente aqueles em início de carreira.

Sabemos bem a importância que a cultura tem e as dificuldades pelas quais os artistas têm de se debater ao longo das suas carreiras. Achamos que existe uma lacuna no que diz respeito à quantidade e qualidade de espaços para a apresentação destes mesmos artistas ao público. Existem alguns espaços pequenos/médios que ocasionalmente apresentam alguns artistas, mas não existe um espaço virado exclusivamente para catapultar artistas das diferentes áreas- dança, música, artes plásticas, arte urbana, teatro, cinema, etc. É  essa a lacuna que queremos preencher, para tal seria necessário um espaço amplo e central, um projeto bem concebido e sólido, pessoas motivadas por detrás deste e finalmente capital. Apesar de ter aparecido em último, a verdade é que sem dinheiro não é possível alavancar este projeto. Por isso mesmo estamos a recorrer a todos os meios para que este projeto seja concretizável.

Para já o mais importante é garantir o aluguer do espaço nos primeiros dois meses, com isso poderemos desenvolver eventos que nos irão permitir juntar mais dinheiro e garantir a sustentabilidade do espaço. Agradecemos por isso todas as ajudas que nos possam dar, tornando possível este sonho. Lisboa é uma cidade com enorme potencial e o crescente turismo está a "forçar-nos" a crescer, a ter casa vez mais ofertas culturais, no fundo a galvanizar a cultura nacional.

Vamos trabalhar para isso!

Sobre o promotor

Bruna Peixoto, 28 anos, licenciada em Comunicação social e cultural, percurso profissional muito ligado às artes, desde trabalhar em eventos, escrever artigos para jornais, promoção de eventos ou assistente nestes.

Andreia Rodrigues, 33 anos, residente em Lisboa, formada em marketing e publicidade. Neste momento trabalha na empresa de seguros Allianz.

Ivo Gameiro, 29 anos, residente em Lisboa, percurso profissional ligado à implementação de empresas (nível estrutural), implementação de infra-estruturas, planeamento de recursos, etc.

Orçamento e prazos

Como referido anteriormente estamos focados neste momento em garantir o aluguer do espaço, que sem dúvida alguma é ideal para o projeto, tem todas as condições no que diz respeito à localização, tamanho, acústica e disposição. O valor pedido servirá para pagar os dois primeiros meses de aluguer e também a  pintura. O armazém precisa de obras simples de pintura e retirada de materiais, custos que serão abatidos no valor da primeira renda. 

A sustentabilidade do projeto e espaço será possível através das receitas de bilheteria, bar, venda de produtos nacionais, entre outros. 

Objetivo: 2.500 euros.

Prazo: 20 de fevereiro de 2017.

Imagens

Facebook

Contribuir