Darte Mais: Arte para 85 crianças de contextos socioeconómicos desfavorecidos | PPL

Darte Mais: Arte para 85 crianças de contextos socioeconómicos desfavorecidos

Separadores primários

O Projecto Darte integra 85 crianças de contextos socioeconómicos desfavorecidos. É um projecto psico-educativo com objectivos de intervenção através da arte no desenvolvimento da auto-estima e das competências emocionais e sociais.

Desde 2008 que foi constituído o projeto de Reabilitação na Comunidade, onde trabalhamos com crianças no âmbito das dificuldades de aprendizagem, deficiência, ou outro tipo de problema que possa inibir o desenvolvimento normal da criança.  Com o projeto Darte e pretendemos chegar a muitas mais crianças, principalmente as oriundas de contextos sociais desfavorecidos. Acreditamos que esta metodologia pode transformar formas de pensar, estar e ser e que por isso, pode mudar muitas vidas para melhor!

Com o valor angariado nesta campanha conseguiremos financiar: 5 Grupos Darte de contextos socioeconómicos desfavorecidos (cada Grupo Darte tem até 10 crianças a participar em Sessões Darte de frequência semanal de 1h30 durante 6 meses.

Vamos a isto? 

Darte Mais!

Sobre o promotor

A Equipa da Reabilitação na Comunidade conta com 6 técnicos: duas assistentes sociais, duas psicomotricistas, uma professora de 1º ciclo e uma técnica licenciada em psicologia Todos têm o desejo de transformar algo na vida destas crianças com que trabalham: Igualar as oportunidade.

Márcia Canha - psicomotricista (nº340 – APP), neuropsicóloga clínica (nº 5708 – INPN. Atualmente é secretária eleita na Junta de Freguesia da Agualva (a partir de 2013). Realizou seminário no Projeto DARTE e coordenadora do Serviço de Reabilitação na Comunidade na Associação Salão Teatro Praiense.

Catarina Nogueira - Técnica de Serviço Social (desde 2010) com pós-graduação em Educação e Intervenção Psicossocial em Contextos de Risco (desde 2012). Atualmente é técnica do Serviço de Reabilitação na Comunidade desde 2010, desempenhando como principais funções a intervenção individual, familiar e comunitária e é membro da comissão restrita da CPCJ da Praia da Vitória.

Catarina Rocha - Técnica de Serviço Social (desde 2009) com pós-graduação em Necessidades Educativas Especiais (desde 2015) (17 valores). Realizou o estágio profissional na Empresa Municipal Praia em Movimento, no Gabinete Ação Social. Trabalha desde 2010 no Serviço de Reabilitação na Comunidade, executando o trabalho de Professora de Apoio.

Elisabete Alves - professora do Ensino Básico - 1º ciclo (desde 2008), trabalha no Serviço de Reabilitação na Comunidade desde 2010. Desenvolve vários projetos, tais como Professora de apoio nas escolas do concelho.

Mónica Costa - licenciada em Ciências Psicológicas, Aconselhamento e Psicoterapias (desde 2010). Desde 2014 é técnica neste serviço, através do programa ocupacional Recuperar.

Simone Oliveira - Licenciada em Psicomotricidade (2014). Atualmente exerce funções de psicomotricista no departamento de Reabilitação na comunidade, estando como responsável pela área do pré-escolar.

Orçamento e prazos

Os 1500€ que precisamos de angariar serão utilizados da seguinte forma:

  • 1500€ Financiarão 5 Grupos Darte com até 16 crianças (300€ para cada grupo, que financiam: aquisição de materiais de artes plásticas; aquisição de materiais consumíveis; 85 lanches por semana).

Imagens

Facebook

Contribuir